Matthew Perry – Biografia –

 

 I was the coolest guy of the non-cool crowd. 

If there’s a silence in a room I’ll try to fill it as soon as humanly possible. 

Matthew Langford Perry nasceu em Williamstown Massachussets, EUA, no dia 19 de Agosto de 1969, filho do actor americano John Benneth Perry muito conhecido pelos seus anúncios da Old Spice, e da canadiana Suzane Langford que chegou a ser assesora de imprensa do primeiro ministro canadiano Pierre Trudeau, até conseguir o trabalho de pivot das noticias. Os pais de Matthew separaram-se quando este era ainda muito novo, nem sequer tinha um ano de idade, a sua mãe conseguiu obter a custódia total o que lhe permitiu levar o jovem Matthew consigo para o Canada.

 

À medida que os anos passaram ele habituou-se a ver o seu pai através do pequeno ecrã, em anúncios, séries e filmes, aliás o seu pai avisava-o antecipadamente de quando iria aparecer na tv para que ele o pudesse ver, isto acabou por fazer com que ele desenvolve-se um certo interesse e respeito não só pela profissão de actor como pelo meio televisivo e pela sétima arte, pois era através destes que ele conseguia ver o seu pai. No entanto o desejo de ser actor nesta altura era suplantado pelo desejo ser um jogador de ténis profissional, era um bom jovem jogador e chegou a participar em alguns torneios nacionais, contudo também cedo se apercebeu que lhe faltava um bocadinho assim para poder de facto vir a ser um grande tenista e decidiu então seguir a sua outra paixão, ser actor.

 Actually, as a kid I wanted to be a tennis player, but I wasn’t good enough, so I became an actor. Since then, I’ve just been lip-locking with gorgeous babes. So, let that be a lesson to all you little tennis players out there. 

Participou em inúmeras peças da escola que frequentava, inicialmente a Escola Pública de Roddcliff Park e mais trade o Instituto de Lisgar, demonstrava ser um rapaz bastante inteligente, com um grande sentido de humor, muita à vontade em palco, bastante profissional para a idade que tinha, e era igualmente muito popular entre as raparigas, à medida que o sonho de ser tenista desvanecia o sonho de seguir uma carreira de actor tornava-se cada vez mais real, e foi esta crescente vontade de ser actor que o levou a ir viver com o seu pai para Los Angeles quando tinha apenas 15 anos de idade, deixou o sonho de ser tenista para trás, saiu do Liceu de Ashbury que entretanto frequentava e começou uma nova vida.

 After I got my first laugh on stage, I was hooked. 

 Passou a frequentar o Liceu de Buckley em Sherman Oaks, onde motivado pelo seu desejo de ser actor participou em inúmeras peças, escolares e extra-escolares que lhe granjeou inúmeros elogios, começou por esta altura igulamente a ir a inúmeras audicões com vista a conseguir tornar este seu sonho realidade, o seu talento permitu que conseguisse pequenos papeis nas mais variadas séries, 240-Robert, Charles in Charge, Silver Spoons, Second Chance, até que o realizador Bill Richert impressionado pelo sua maneira de ser, e pelo seu talento, comparando-o de certa maneira com o talentoso actor Jimmy Stewart, deu-lhe um papel no filme A Night in the Life of Jimmy Reardon , onde contracenou com o actor River Phoenix.

 No entanto este filme acabou por não ter o sucesso esperado contribuindo muito pouco para lançar a sua carreira da maneira que ele queria, Matthew Perry passou então por tempos dificieis, ou a série em que ele conseguia o papel era cancelada ao fim de poucos episódios (como a série Sydney), ou o papel que conseguia era apenas relativo a alguns episódios (como a série Growing Pains, Beverly Hills 90210, só para citar algumas),


ou então via a escolha de papeis que ele queria bastante irem para outros actores, por exemplo, ele esteve bastante perto de interpretar o papel de Billy na série Melrose Place, no entanto os produtores, numa decisão quase à última da hora decidiram escolher o actor Andrew Shoe. ´Durante este periodo participou também em dois filmes, uma exclusivo para a televisão Dance Till Dawn (1988) e outro para estrear no cinema, o She’s Out of Control (1989).

Insatisfeito com aquilo que lhe era oferecido e convicto do seu talento, decidiu juntamente com o seu amigo Andrew Hill escrever o piloto para uma série, que era basicamente sobre um grupo de amigos com os seus 20 e poucos anos de idade que gostavam de conviver uns com os outros, eles chamaram à sua série Maxwell House e venderam-no à Universal, que entretanto apresentou a ideia ao canal de televisão da NBC, que no entanto já tinha uma série similar em carteira, contudo ficaram bastante impressionados com o Matthew Perry, não só os executivos da NBC como os criadores desta série que foi escolhida em detrimento da dele, a série Friends que no entanto já tinham uma boa ideia das suas capacidades visto o Matthew ter participado num episódio da série Dream On onde tanto a Marta Kauffman como o David Crane estiveram bastante envolvidos. O Matthew Perry contudo não se encontrava ciente desta intenção dos criadores do Friends, a Marta Kauffman e do David Crane de o contratarem, e prestou audicões e conseguiu o papel principal de uma nova série de nome L.A.X. 2094, em que interpretaria um carregador de bagagens no Aeroporto internacional de Los Angeles em 2094, contracenando lado a lado com a actriz Kelly Hu. E foi mais ou menos nesta altura que os criadores da série Friends lhe “ofereceram” o papel de Chandler Bing, no entanto como ele já se tinha comprometido com a outra série encontrava-se indisponivel para interpretar o papel, mas felizmente esta série foi recusada pelos canais de televisão fazendo com que o Matthew Perry ficasse disponivel para interpretar o papel de Chandler Bing na série Friends.

 When I read the script of Chandler, I thought WOW I can really shake hands with this guy. Chandlers a sarcastic guy, dry, funny – a guy who’s not comfortable unless he’s joking and hiding the emotional stuff that’s going on with him. And Yeah, I can relate to that a bit.

 Fiquem aqui com uma pequenina homenagem, àquele que é o meu personagem de tv favorito de todos os tempos: Chandler‘s the guy everybody thinks will do well with women, but he thinks too much and says the wrong thing. 

A série tornou-se um fenómeno de popularidade e os 6 actores, que até a este momento, uns mais do que outros enfrentavam algumas dificuldades em se imporem no meio, tornaram-se estrelas planetárias, as audiências da série eram sempre enormes, os Friends apareciam em tudo o que era revista. E ao longo dos anos inúmeras foram as nomeações e prémios que eles venceram pela série, Peoples choice Awards, Tv Guide, American Comedy Award, Screen Actors Guild, etc…

O personagem interpretado pelo Matthew Perry revelou ser imensamente popular, o sarcástico e sempre engraçado Chandler Bing conquistou a simpatia do público. E tudo corria bem a Matthew Perry não só em termos profissionais como em termos pessoais, visto que durante a segunda temporada da série iniciou uma relação com a extrememente conhecida actriz Julia Roberts, depois de esta ter participado num episódio da série.

 I was like: I’m going to ask Julia Roberts out but I’m going to be very nervous about it. Then she said yes, I got even more nervous. 

No entanto em 1997 o ano em que decorria a terceira temporada, iria revelar ser um ano em que certo acontecimentos acabariam por ter sérias repercurssões mais tarde na sua vida, depois de ter sofrido um acidente ao cair mal de uma jet ski começou a tomar Vicodin e alcol para acalmar as dores, e o que inicialmente era em pequenas quantidades foi aumentando ao longo do tempo levando-o a criar uma séria dependência destas duas drogas.

 Vicodin, I got addicted to that little pill. The reason I don’t talk about it too much in the press is because it isn’t funny, and I love to be funny in interviews. If you joke about that period in your life, it doesn’t seem right. 

 Esta situação é visivel não tanto durante o filme Fools Rush In,

 

 

 

  uma comédia que explora de uma forma bastante engraçada as diferenças culturais, mas mais perto do final da terceira temporada em que é bastante notório o quão magro se encontra nessa altura o que o levou a internar-se em Hazelden, uma organização especializada em tratar casos de dependências provocadas pelo alcool ou pelas drogas, Ele recuperou parcialmente daquilo que o afectava, no entanto o problema não desapareceu por completo e voltaria para chatea-lo e assustá-lo mais tarde na sua vida.

 I really lived life to its fullest and that got me in trouble from time to time 

Em 1998 participou no filme Almost Heroes, uma comédia sobre dois exploradores que procuram atravessar o país até chegarem ao Pacifico, primeiro que os seus rivais Lewis and Clark, no entanto acontecem-lhes todo o tipo de problemas pelo caminho.

 

Em 1999 participou no filme Three to Tango, juntamente com o Dylan Mcdermott, Neve Campbell, Oliver Platt, esta comédia romantica apesar de muito engraçada, peca por uma coisa, por tentar explorar a enorme popularidade do personagem Chandler Bing, visto que os dois personagens são praticamente iguais, o próprio Matthew revelou em certa altura da sua vida que se encontrava algo farto e desapontado com o facto de quase todos os papeis que lhe ofereciam serem demasiado similares com a personagem que interpretava na famosa sitcom, um problema que no entanto também afectou os seus 5 colegas, mais a uns do que a outros.

 

Em 2000 chegou um novo filme com o Matthew, era a sua época aurea, neste caso era o The Whole Nine Yards, que contava com um elenco de luxo Bruce Willis, Amanda Peet, Rosanna Arquette, Natasha Henstridge, Michael Clark Duncan, Kevin Pollak, um filme que conta a história de um dentista que vê a sua já infernal vida piorar quando um conhecido assassino profissional passa a ser o seu vizinho, esta é um comédia que eu recomendo vivavamente ao contrário da sequela, tem tudo o que é necessário, uma história relativamente interessante, boas personagens, situações cómicas, etc…

 

Duas pequenas curiosidades a participação do Matthew Perry no filme esteve relacionada com o Bruce Willis, assim como a participação do Bruce no Friends esteve relacionada com o Matthew. O Bruce Willis era fã da série Friends, em particular do personagem Chandler Bing e do actor que o interpretava, e quase que perseguiu o Matthew para este participar no filme, aliás a frase que o personagem do Bruce Willis a certa altura usa no seu filme:

   Jimmy: I’m gonna keep the coke and the fries but I’m gonna send this burger back. And if you put any mayonnaise on it, I’m gonna come over to your house, I’ll chop your legs off, set fire to your house, and watch as you drag your bloody stumps out the door.    

A parte sublinhada corresponde à mensagem que o Bruce Willis deixou no atendedor do Matthew Perry, visto que este não dava uma resposta à insistência do Bruce para que ele participasse no filme, o Matthew acabou por aceitar o papel e achou a frase tão engraçada assim como os argumentistas, que decidiram usá-la no filme. A participação do Bruce Willis na série Friends já estava de certa maneira a ser pensada, pela parte dos produtores como pela parte do Bruce mas não sob os contornos que foi, visto que ele acabou por participar de graça  devido a uma aposta que fez com o Matthew Perry, acabando todo o dinheiro que ganharia por participar na série entregue a instituições de caridade. A aposta era a seguinte, o Bruce Willis tinha dito que o filme não seria número um na semana de estreia e o Matthew disse que sim e ganhou.

Mais perto do final do ano o Matthew teve um pequeno o papel no filme The Kid onde participava o Bruce Willis

 Everything is just falling into place for me right now. I just turned 30, which I thought I was going to be bummed about, but I’m not. 

Este ano, o de 2000, apesar de bom no inicio acabou por não ter o fim esperado, depois do final da série 6, foi internado com pancreatite, que foi uma consequência dos seus vicios, durante esse verão perdeu imenso peso, aparecendo por isso incrivelmente mais magro durante o primeiro episódio da série 7 do Friends, numa cena que tinha continuidade imediata do último episódio da série 6. Durante a série 7, que foi o periodo mais negro da vida e carreira do Matthew Perry ele foi constantemente internado em clinicas de desintoxicação, muitas das histórias e situações envolvendo o seu personagem tiveram de ser alteradas ou completamente eliminadas. Entretanto foi igualmente durante este periodo que ele iniciu as filmagens do filme Serving Sara, uma simpática comédia romântica onde contracena com a Elizabeth Hurley, este filme no entanto não teve um processo de filmagens calmo, ou pouco atribulado, visto que quando faltavam 13 dias para terminarem as filmagens, o Matthew foi internado de urgência, este periodo corresponde aquela parte perto do final da série 7 em que ele aparece em vários episódios só durante cerca de 1 ou 2 minutos., mas felizmente ele conseguiu recuperar definitivamente, arranjou a força necessária para combater o seu vicio, e voltou em grande, para a conclusão das filmagens e para o final da série 7.

 There are two ways to go when you hit that crossroads in your life: There is the bad way, when you sort of give up, and then there is the really hard way, when you fight back. I went the hard way and came out of it okay. Now, I’m sitting here and doing great. 

Matthew Perry encontrava-se então seriamente determinado a recuperar o tempo perdido, a relançar a sua carreira, e foi isso que sucedeu em 2002, começou por participar em dois episódios da série Ally McBeal, seguiu-se depois em 2003 a participação na série West Wing, uma série de Drama, algo completamente diferente de tudo o que ele tinha feitro até agora, e a sua interpretação foi de tal modo apreciada pelos fãs da série, pela critica e pelo criador da série o Aaron Sorkin que não só lhe valeu uma nomeação para um Emmy (Melhor actor convidado de uma série de Drama), como levou a que em 2004 altura em que decorria a quinta série fosse novamente convidado a interpretar o mesmo personagem, pelo qual voltou a ser novamente nomeado para um Emmy, na mesma categoria. Ainda em 2004, participou num novo filme, a sequela do filme The Whole Nine Yards, neste caso chamado de The Whole Ten Yards, contudo o filme, apesar de alguns bons momentos, esteve mesmo muito longe da divertida comédia que foi o primeiro filme, aliás segundo li a produção do filme iniciou-se quando ainda nem sequer havia um argumento, dai o facto de mais de metade do filme parecer uma colagem de sketches, e depois as produtoras esperam que os filmes resultem. O próprio Matthew chegou a admitir em algumas entrevistas que considera o filme fraquito.

Antes do ano de 2004 ter conhecido o seu fim mas já depois da série Friends ter terminado, ele participou e realizou um episódio de uma outra sitcom bastante famosa, o Scrubs, o episódio em causa foi o My Unicorn da série 4, onde interpretou o papel de um homem chamado Murray Marks que se encontrava dividido sobre o facto de que se deveria ou não ajudar o seu pai com um transplante de rim devido aos problemas que tinham conduzido ao afastamento de ambos. Uma pequena curiosidade o actor que fez de seu pai neste episódio foi nem mais nem menos que o seu próprio pai, o também actor John Benneth Perry, algo que já havia sucedido no filme Fools Rush In. 

 

O seu trabalho seguinte permaneceu dentro do universo da televisão, desta vez através da sua participação num telefilme, o The Ron Clark Story em 2006, onde deu uma grande intrepretação que lhe valeu uma nomeação para um Emmy (Melhor actor numa minisérie ou filme) e uma nomeação para um Globo de Ouro (Melhor actor numa minisérie ou filme para TV). Neste telefilme baseado em factos veridicos, Matthew Perry dá vida a Ron Clark um professor que ficou conhecido por ter deixado a pequena e pacata cidade onde vivia para ir ensinar numa das escolas mais complicados de Harlem, e para conseguir chegar até aos seus alunos recorreu à utilização de metodos pouco convencionais, criando as suas próprias regras e metodos, para que estes conseguissem atingir o seu verdadeiro potencial.

O ano de 2007 foi um ano bastante ocupado e bom para Perry, não só teve a oportunidade de trabalhar na nova série de Aaron Sorkin o criador da série West Wing (onde como já havia referido o Matthew havia participado, e onde impressionou de tal maneira o Aaron Sorkin que este tudo fez para que ele aceitasse o papel na série Studio 60 apesar de alguma reticência inicial por parte dele em regressar à televisão) e Sports Night, como teve um novo filme nas salas de cinema, Numb. Esta série, o Studio 60 on the Sunset Strip que aliás iniciou-se ainda em 2006, apesar da qualidade inerente, não conseguiu encontrar as audiências esperadas e merecidas, o que levou a que durasse apenas uma temporada, mas não impediu e até contribuiu de forma bastante significativa para libertá-lo de forma definitiva da imagem de Chandler Bing algo que parecia que iria assolá-lo para o resto da sua vida. A sua óptima interpretação nesta série valeu-lhe uma nomeção para um Satellite Award (Melhor actor numa série Drama) e para a Screen Actors Guild (Melhor Actor num filme para TV ou Minisérie) e uma mais que provavél nomeação para um Emmy e um Globo de Ouro. Uma pequena curiosidade, a substância com que o personagem do Matthew Perry começa a ficar viciado na série, é o Vicodin, a mesma com que ele ficou viciado na vida real.

Numb como já havia referido, tem data de estreia marcada para este ano, neste filme contracenará com actores como Kevin Pollak, Mary Steenburgen e Lynn Collins. Este filme será um mistura de comédia e drama. è a história de um argumentista que sofre de despressão crónica mas que desesperadamente tenta curar-se ao encontrar a rapariga dos seus sonhos.

 Da mesma maneira como 2007 foi um ano bastante bom e ocupado para Matthew Perry o próximo ano parece vir a ser igualmente bom tendo já dois filmes com data de estreia marcado, o The Laws of Motion, realizado por Criag Lugas e onde terá oportunidade de contracenar com a duplamente óscarizada Hillary Swank e com a sua grande amiga Lauren Graham, e o The Beginning of Wisdom onde terá novamente a oportunidade de contracenar com o seu pai.

David Silva aka sidewinder

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: